21 de outubro de 2011

Berserk Ogôn Jidai-hen: Haô no Tamago: Uma grande oportunidade de disseminação de uma obra extremamente bem estruturada

Há algum tempo uma onda de rumores sobre um filme de Berserk vem invadindo a internet. A idéia provavelmente deve ter tomado os pensamentos de alguns fãns da emocionante obra. Descrever a grandiosidade de um anime e mangá tão bem estruturado como Berserk não é nada fácil.

Comecei a assisti-lo por indicação de um grande amigo.  Confesso que não me arrependi em nenhum momento. Não esperava que a série fosse tão envolvente, principalmente no início, onde não são obtidas muitas respostas sobre a trama. O anime, com apenas vinte cinco episódios, mesmo não sendo recente, e com menor quantidade de recursos audiovisuais ainda consegue transmitir toda a riqueza da atmosfera medieval com detalhes no cenário, vestuário, características físicas com traços marcados e leves. 


O mangá também não fica para trás. É incrível como os desenhos são bem feitos. Para falar a verdade não é
tão difícil abandonar a trama nos primeiros capítulos ou episódios, mas a sede por respostas, que vem acompanhada de novas perguntas, faz a vontade de devorar os próximos acontecimentos crescer imensamente. 

Berserk conta a história de Guts, um protagonista notavelmente incomum. De forma crua e extremada é evidenciada a natureza humana sobre diferentes aspectos e interpretações. Mesmo considerado como violento e com cenas não recomendadas para menores a trama de Kentaro Miura conta com muitas situações construtivas e realistas.

Foi confirmado pelo site Comic Natalie que o filme fará parte de uma trilogia que irá adaptar o arco The Golden Age (Era de Ouro), com início na aventura do jovem Guts e sua entrada no bando do falcão, que compreende os volumes 3 a 13 do mangá. O longa terá produção da Warner Bros do Japão e trilha sonora do compositor Susumu Hirasawa, o mesmo responsável pelas musicas do anime.


Para quem já conhece a série, a noticia deve ter sido recebida com muita alegria.  Mesmo para amantes de mangás, ver as cenas em animação é uma expectativa grande. Realmente animação (Fico imaginando um live-action com a quantidade de mortes e sangue da obra), mas prefiro este estilo, já que menores discrepâncias na história ocorrem.

O sucesso deste primeiro filme pode tornar a continuação da série mais fácil após a trilogia. Projetos como a série OVA de Hellsing podem ser desenvolvidos, ou até mesmo um novo arco em anime. 

Os efeitos especiais parecem ter grande destaque, além de algumas mudanças nos visuais dos personagens, felizmente nada muito significativo. 

A previsão de lançamento é em janeiro de 2012. Não deixe de conferir o trailer!


2 comentários:

  1. MUITO, MUITO, MUITO BOM O BLOG! GOSTEI MUITOOO! POSTEM MAIS E MAIS E MAIS!! :D

    ResponderExcluir
  2. eu amo bersek, Claymore,final fantasy e ... emfim, eu amo tudo que tem ESPADAS GIGANTES ...

    ResponderExcluir