18 de outubro de 2011

Bando de Pardais: Na Terra do Sol Nascente a escuridão está chegando!

良い一日

Olá leitores!


Como fieis Otakus, conhecer melhor a cultura japonesa atual e antiga já faz parte de nossa rotina. Animes, mangás, internet, não são os únicos meios de desvendamento da história deste fascinante país. Os livros também representam um gigantesco meio de comunicação, que infelizmente passa despercebido por muitos...

A dica do Anime Itadakimasu de hoje é algo novo em nosso blog: uma empolgante leitura do livro Bando de Pardais. Esta bela obra de Takashi Matsuoka consegue descrever o período Edo (Período da história do Japão que foi governado pelos xoguns da família Tokugawa, desde 24 de março de 1603 até 3 de maio de 1868), com tantos detalhes e informações culturais que, durante a leitura realmente nos sentimos como participantes da história.


Samurais, gueixas, missionários estrangeiros, xoguns, pistoleiros, ninjas e mestres zens. Todos fazem parte
da emocionante obra. Bando de Pardais é o romance com maior número de mortes e personagens interessantes que já li.

Algumas vezes, raras na verdade, conseguimos encontrar escritores que tornam uma leitura agradável a diferentes personalidades. Imaginando o mundo dos viciados em animes como leitores do livro, tanto o publico shoujo quanto o shounnen conseguiria facilmente prender-se na trama. Romances entre personagens e batalhas de honra com tamanhas descrições sobre cada batida entre espadas fazem o livro não ser nada monótono.

Em 1861, após a abertura das portas japonesas para o ocidente, o país passa por um grande choque de culturas e gerações. Um pequeno grupo de missionários disposto a difundir os ideais de "seu Deus", chega ao Japão sem saber que o futuro da Terra do Sol Nascente já havia sido previsto. 


Um jovem Senhor, Guenji Okumichi, possui o dom da profecia. Acredita-se que a cada geração um membro da família nasça com esse poder. Estando na mira do chefe da policia secreta do Xogum, e amando a gueixa mais bela de Edo, Guenji tentará provar que seus poderes fictícios não são apenas uma lenda.

Obrigado a abandonar o Edo, o destino de Genji em companhia de seu tio Shigeru, um lendário espadachim, e dos missionários se reúnem em uma fuga por um cenário de sangue, repleto de perigos, segredos, amor e vingança.

Alternando humor e suspense, de forma exótica, o livro prende sua atenção do início ao fim. Uma estréia impressionante. Fantástico!!

0 comentários:

Postar um comentário